Como aumentar o CTR na SERP com Dados Estruturados

Entenda o que são dados estruturados e aprenda a implementar em seu site de forma que consiga um melhor CTR na SERP.

Como aumentar o seu CTR na SERP com dados estruturados? Mas em primeiro lugar, você sabe o que são “dados estruturados”? Dados estruturados, outrora conhecido como marcações Schema, são pequenas informações inseridas no código fonte de uma página web, visando mostrar à SERP um pouco mais sobre o seu conteúdo.

Por exemplo, a SERP, além de analisar todo o conteúdo de uma página, também usa esses dados estruturados expostos para indexá-la e rankeá-la nas buscas.

Como aumentar o CTR na SERP com Dados Estruturados

Quais são os tipos de dados estruturados ou marcação de schema?

  • Rich Snippets ou Rich Results é a famosa classificação por estrelinhas que aparecem abaixo da URL na página de pesquisa. Quando encontrado, pode ajudar a SERP a mostrar a classificação média desta página nas buscas. Melhorando sua taxa de cliques e, consequentemente, aumentando o número de acessos.
  • Breadcrumb é um tipo de navegação estrutural cujo objetivo é ajudar na localização de uma página dentro do site num todo. Ou seja, em qual categoria ou sessão essa página se encontra.
  • Perfis sociais também são usados como dados estruturados. Assim ajudam a SERP a vincular seu site com uma página no Facebook, perfil no Twitter, Instagram, etc.
  • Dados básicos são informações gerais sobre o site. Tal como nome da empresa, do responsável, ou da página a ser usada para pesquisa interna, entre outros.

Quais são os formatos de dados estruturados existentes?

Para que uma página esteja habilitada com dados estruturados, existem três formatos disponíveis: JSON-LD, Microdados e RDFa. Dentre eles, recomenda-se o uso do JSON-LD por estar mais difundido em toda a rede.

Como implementar os dados estruturados em uma página?

Nesse caso, existem vários plugins que fazem esse serviço usando o formato JSON-LD. Porém, dentre eles, recomendamos o uso de apenas três:

SSE (Sobe Sobe Estrelinha): Plugin desenvolvido pela PortoFácil que ajuda seu site a exibir a avaliação média (as famosas estrelinhas) de uma página da forma correta, sem sobrecarregar o servidor.

SCHEMA for Article: Plugin que ajuda na geração de Rich Snippets na SERP sem a necessidade de configurar nada. Simples e eficaz!

Yoast SEO: O plugin de SEO mais usado em sites WordPress tem uma opção exclusiva para marcação de schema. Trocando em miúdos, em Search Appearance é possível inserir alguns dados importantes.

Conclusão

Enfim, esta matéria tem o objetivo de mostrar a importância de se usar as marcações de schema em seu site. Desta forma as chances de uma página ter mais visibilidade na SERP crescem consideravelmente.

Por isso, a dica é configurar corretamente os plugins citados acima e, caso precise de mais informações referente ao assunto, leia o artigo sobre dados estruturados que o Google disponibiliza junto com suas diretrizes para webmaster.

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 14

Como aumentar o CTR na SERP com Dados Estruturados

Compartilhe

Publicado por Lucia Freitas – 18 de fevereiro de 2019