Controle de sobrecargas com a Mônica

Entenda como funciona o sistema de detecção de sobrecargas da Mônica.

De maneira simplificada, a carga do servidor é uma métrica que indica o quanto o servidor está conseguindo dar conta — ou não — da demanda a que está submetido (saiba mais).

A Mônica conta com um dispositivo para detecção e controle de sobrecargas, que pode ser visualizado e configurado pelo painel da Mônica para Clientes (mas recomendamos que recorra ao Suporte Técnico, sempre).

O painel de configuração

Controle de sobrecargas com a Mônica

O primeiro campo da imagem acima (tolerância inicial) indica a partir de que momento o monitor de carga da Mônica deve agir. O valor mínimo é 600s (ou dez minutos). Sobrecargas que ocorram antes deste prazo não serão consideradas pela Mônica.

O segundo campo indica a carga que, se atingida, fará com que a Mônica dispare a ação correspondente. Cada servidor terá um valor mínimo, de acordo com a quantidade de CPU cores disponíveis na máquina.

O terceiro campo indica qual será a ação que a Mônica vai tomar quando detectar uma sobrecarga:

  • reiniciar o serviço de PHP-FPM (é a ação recomendada)
  • reiniciar o VPS inteiro (não recomendado)
  • ou não não fazer nada.

Agora você já conhece o mecanismo de detecção e controle de sobrecargas da Mônica. Se tiver alguma dúvida, é só entrar em contato!

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 6

Controle de sobrecargas com a Mônica

Compartilhe

Publicado por Janio Sarmento – 12 de setembro de 2018