Três dicas avançadas para acelerar o WordPress

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

 

Recentemente, a notícia de que o Google vai passar a considerar a velocidade de carregamento das páginas, na hora de classificá-las nas páginas de resultados (e, também, na hora de atribuir Page Rank), movimentou aquela parcela da blogosfera que faz de seus blogs meio de vida.

Efetivamente, um bom plugin de cache já faz maravilhas pelo blog, se não tanto em termos de tempo de carregamento de página em sites de baixa visitação, mas bastante em termos de aliviar a carga do servidor. E servidor mais leve implica páginas mais rápidas para carregar, em casos de visitação mais intensa.

Entretanto, com um pouco de dedicação, é possível aplicar técnicas relativamente simples de otimização que vão fazer com que seu blog, além de aliviar o servidor e carregar mais rápido, pareça, aos olhos do Google, mais otimizado.

Basicamente, a ideia consiste em usar ao máximo possível os servidores do próprio Google para hospedagem de nossos objetos estáticos. Mas, primeiro, faremos a ativação dos cabeçalhos que indicam aos navegadores para não recarregarem objetos que estejam ativos no cache local do visitante, acelerando as visitas subsequentes a páginas do mesmo site.

Este conteúdo é exclusivo para clientes da PortoFácil

Você precisa ser cliente da PortoFácil e estar logado no site para poder visualizar este conteúdo.

Já sou Cliente!Acessar

Se ainda não é cliente você pode entrar em contato e pedir uma conta agora mesmo!

Quero ser cliente da PortoFácil!Contratar

Conclusão

Nem sempre será necessário investir em hardware melhor, se você tomar cuidado com seu software. Vale a pena investir um pouco mais em conhecimento, na mesma proporção da importância de seu blog, com vistas a aproveitar ao máximo cada centavo investido, oferecendo a melhor experiência que seus usuários possam ter.

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Compartilhe