XAMPP e MAMP: Desenvolvimento de sites em localhost

Saiba tudo sobre XAMPP e MAMPP, ferramentas que auxiliam no gerenciamento de um servidor local (localhost) e facilitam a vida dos desenvolvedores web.

Guia definitivo para desenvolvimento de sites em localhost usando XAMPP e MAMP. Todo bom profissional web cria seus projetos em um ambiente cujo servidor está hospedado localmente (localhost), ou seja, em seu próprio desktop ou notebook.

Desta forma, por exemplo, é possível desenvolver um template ou layout WordPress de forma mais rápida e produtiva. Economizando tempo e corrigindo possíveis problemas e bugs antes de atualizá-lo no site oficial. Sem contar na possibilidade que os programadores têm de realizar vários e vários testes, tudo de forma local. Sem colocar nada em risco, visto que o projeto não se encontra em um ambiente de produção.

XAMPP e MAMP: Desenvolvimento de sites em localhost
XAMPP e MAMP: Desenvolvimento de sites em localhost.

Servidores locais: XAMPP ou MAMP?

Embora existam vários aplicativos e ferramentas que transformam o seu desktop ou notebook em um verdadeiro servidor local. Nossos favoritos são o XAMPP e o MAMP.

Ambos são servidores locais que oferecem instaladores fáceis de configurar. Incluindo pacotes com distribuições Apache ou Nginx, bancos de dados MySQL ou MariaDB, além de PHP e Perl. Sendo assim, basta ter esses pacotes essenciais para você conseguir rodar livremente uma instalação do WordPress em localhost.

XAMPP

Esta ferramenta, além de gratuita e leve, tem por objetivo facilitar a vida do programador web, principalmente para aqueles que não são muito familiarizados com configuração e manutenção de servidores. Por isso, seu instalador é bem intuitivo e oferece todos os recursos de um servidor web comum, ou seja, com Apache, PHP, MariaDB (MySQL) e Perl.

Inclusive, o XAMPP é uma plataforma de código-aberto que possui versões para Windows, macOS e Linux. Ou seja, ao gosto do freguês.

MAMP

A ferramenta MAMP também é uma plataforma de código-aberto, mas também possui uma versão Pro, com recursos extras. Por exemplo, na versão paga é possível criar um servidor independente para cada site e, também, transformar o seu servidor local em um servidor web. Liberando acesso a seu site para qualquer pessoa fora da sua rede.

Entretanto, o MAMP só está disponível para usuários de macOS. Mas assim como acontece com a opção de servidor local citada anteriormente, o MAMP também possui fácil instalação, com uma configuração super intuitiva e simples. E, além de oferecer opção de escolha entre Apache e Nginx, o MAMP usa o sistema de gerenciamento de banco de dados MySQL e faz uso do PHP como linguagem orientada a objetos.

Conclusão

Os servidores locais comentados e recomendados acima possuem todos os pacotes de configurações necessários para todos os tipos de desenvolvedores web. Sendo assim, com um servidor local instalado você poderá criar e desenvolver:

  • Layouts e templates para WordPress;
  • Plugins para WordPress;
  • Lojas virtuais, tais como Woocommerce;

E conforme analisado, com ambas as ferramentas você terá todo o potencial de um servidor web, mas funcionando totalmente de forma local. Dentro do conforto do seu lar! Totalmente em localhost.

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Publicado por Celso Junior – 08 de abril de 2020