Como adicionar sites usando a Mônica para Clientes

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

 

A Mônica acaba de aprender uma coisa nova! Agora o próprio cliente pode instalar novos sites WordPress no seu VPS NX ou dedicado sem cPanel.

É tão simples quanto preencher um formulário, clicar em um botão, e aguardar que o processo finalize.

Instalando novos WPs com a Mônica

Para instar um novo WP em seu servidor basta acessar a Mônica para Clientes, clicar no botão “Criar Novo Site”, preencher os campos solicitados e enviar.

Para facilitar o formulário foi dividido em três seções, mas todos os campos devem ser preenchidos conforme segue.

Dados Principais

  • Informe o domínio do blog que deseja instalar. Importante: não use o prefixo www ao criar o site; se quiser que seu site use o www você deve configurar o WordPress para isso, ou pedir ajuda ao Suporte Técnico. O domínio precisa ter sido registrado antes da criação do site no servidor, ou a configuração automática do DNS vai falhar.
  • Em seguida informe o endereço de email do primeiro usuário do blog.
  • Informe também um nome de usuário. Não use o nome do blog tampouco o padrão admin.
  • Escolha uma senha para o primeiro administrador. Troque-a no primeiro acesso para algo que só você conheça.

Opções

  • Os campos SSL, tipo de site, versão do PHP e tipo de cache não são editáveis.
  • No campo Login informe a nova URL de login deste blog. Ela substituirá o padrão wp-login.php e deve ser algo que só você conheça. É possível mudar essa informação posteriormente pelo próprio WordPress ou pela Mônica.
  • Informe o site já existente no servidor de onde deseja copiar os plugins e temas. Este recurso vai economizar tempo para quem padroniza seus blogs. Os arquivos são copiados mas não suas configurações, tampouco os plugins e temas são ativados automaticamente.

DNS

Esta seção permite ao cliente escolher como deseja fazer a configuração de seus DNSs:

  • usar os DNSs da PortoFácil;
  • configurar manualmente os DNSs na Cloudflare; ou
  • deixar que a própria Mônica tente criar os DNSs corretamente na Cloudflare.

Ao final do processo de criação do site a Mônica abrirá um ticket em nome do cliente, com as instruções de configuração do DNS bem como um resumo da instalação recém finalizada.

Caso a opção seja pela configuração automática do domínio na Cloudflare será necessário informar também o email de login na própria CF bem como a chave de API desta conta. O domínio será configurado sem o modo proxy (“nuvenzinha cinza” no painel), para que seja possível adicionar o SSL posteriormente no servidor; caso deseje o cliente pode alterar essa configuração manualmente depois.

Como obter a chave de API da Cloudflare

Você deve primeiro entrar na Cloudflare utilizando seu email e senha. Em seguida deve ir no canto superior direito da página, clicar em seu próprio nome e acessar as configurações da conta.

Role a página mais um pouco e você verá a seção API Key. Clique no primeiro botão “View API Key” e o site abrirá uma janelinha com a sua chave global, basta copiar e colar no campo correto da Mônica.

Reiterando: somente se você for utilizar o modo de Cloudflare automática para configuração de seu DNS é que você precisará da chave API.

Instalando Redirecionamentos com a Mônica

Caso seja necessário a Mônica também pode criar redirecionamentos de maneira automática.

Basta clicar no botão “Novo Site Redirect” e preencher os campos adequadamente.

Ao final do processo a Mônica terá criado o seu redirecionamento que poderá inclusive receber certificados SSL.

O processo de definição dos DNSs é idêntico ao da criação de sites WordPress.

Concluindo

Ao enviar o formulário corretamente preenchido você estará criando uma “tarefa” para a Mônica. Uma vez por minuto a própria Mônica vai apanhar todas as tarefas a que tenha sido instruída e executá-las, momento em que seu site será criado no servidor.

Ao final você receberá um ticket contendo o resumo do que foi feito e com as instruções de configuração do DNS.

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Compartilhe

Publicado por Janio Sarmento – 07 de agosto de 2017, em Institucional