Por que nossos servidores usam Linux

Conheça as 5 principais razões para usar Linux em nossos servidores. Uma pequena aula sobre a tecnologia e seus usos.

Para quem ainda não sabe, Linux é um sistema operacional, uma alternativa ao Windows e MacOS. Feito em código aberto, por uma enorme comunidade global, o Linux é um software robusto, disponível em diversas versões (distribuições) que servem tanto a computadores pessoais quanto a servidores.

Aqui na PortoFácil, os servidores sempre rodaram Linux. E temos ótimas razões para isso. Para dar uma ideia, segundo artigo da Wikipedia, o Linux era o sistema adotado em 28% dos mainframes do mundo. Em novembro de 2017, segundo o mesmo artigo, o Linux é o sistema adotado também em 100% dos 500 supercomputadores mais rápidos do mundo.

Segundo o W3Techs, o Linux é responsável por 37,3% de todos os sites disponíveis hoje. Windows vem logo atrás, com 31,7%.

Nada disso é defesa ou fanatismo. Trata-se de uma realidade: o sistema aberto, que tem 27 anos de idade, é mais flexível e confiável – e funciona bem em qualquer tipo de máquina. As soluções garantem mais estabilidade, menos riscos de segurança e mais capacidade de escalar, atendendo rapidamente a demanda de serviço.

Linux logo

5 vantagens de usar Linux em servidores

Disponibilidade

No Linux, os processos são realizados de forma que não é preciso fazer reinicializações constantes. Em português claro: não é preciso reiniciar o sistema depois de uma atualização ou de instalar um programa (salvo em casos muito específicos).

Como servidores exigem disponibilidade máxima, isso é sinônimo de atualizações sem interrupção de funcionamento – e um alívio para todos que oferecem serviços online.

Segurança

Sistemas Linux são reconhecidos como os mais seguros em uso. As suas distribuições são desenvolvidas para impedir malware e que existam falhas de segurança disponíveis por longo período. Atualizações de segurança são constantes, simples e de rápida instalação.

Robustez

Quando você escolhe um sistema em código aberto, tem a seu serviço uma comunidade atuante, de usuários e desenvolvedores, que trabalha o tempo todo para rastrear bugs, falhas de segurança e outros erros que comprometam a experiência do usuário. Por isso um servidor em Linux consegue processar altas cargas sem diminuir performance ou travar. Esta vantagem garante às muitas distribuições Linux presença em 83% dos servidores corporativos.

Flexibilidade

Como o código-fonte é aberto, antes de instalar o Linux é possível compilar as bibliotecas de acordo com o hardware que será usado. Com isso, é possível garantir performance, além de alterar ou desenvolver recurso de acordo com necessidades específicas. Em português não nerd: uma instalação personalizada exatamente para o seu objetivo.

Acessibilidade

Instalar um sistema Linux custa zero. As distros gratuitas garantem que os custos estão no hardware e desenvolvimento de aplicações.

Na PortoFácil adotamos Linux também porque nossos servidores são dedicados a hospedar sites e blogs – e isso é feito com WordPress, que usa PHP, que adora Linux.

Considerações finais

Certamente a economia feita em custos de licenças de sistema operacional (que representam mais recursos para investir em pesquisa e desenvolvimento e infraestrutura) é o principal motivo de usarmos Linux em nossos servidores.

Entretanto, o fato de nossos clientes serem, na maioria, usuários de WordPress, também tem um peso imenso nessa escolha: Linux é o sistema operacional recomendado para o funcionamento da plataforma de publicação mais popular do mundo, e utilizar o sistema para o qual o ambiente de publicação foi planejado reduz significativamente a incidência de problemas, propiciando um serviço de melhor qualidade, de acordo com a expectativa e o merecimento de nosso cliente.

Imagem: PNGimg, CC-BY-NC

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 6

Por que nossos servidores usam Linux

Compartilhe

Publicado por Janio Sarmento – 23 de outubro de 2018