A relação entre Servidor de Hospedagem e SEO

A Hospedagem do servidor é a base do seu trabalho de SEO. Com um servidor bem configurado, rápido e seguro, sua estratégia de SEO estará bonita nas SERPs.

servidor e SEO

O seu servidor de hospedagem e o SEO não têm relação a princípio. Tudo porque o trabalho de SEO depende principalmente de um bom trabalho com as palavras chave, links, estrutura do site e sua performance.

Se servidor e SEO não têm nenhuma relação, a qualidade do seu servidor de hospedagem tem toda relação com o resultado do seu trabalho de otimização em buscas. Afinal, o servidor é o motor do seu site — e se não funcionar muito bem, não há mágica de SEO que possa resolver a sua questão.

Servidor de Hospedagem e SEO: pontos básicos

Eis as questões mais citadas na literatura de referência:

  • Server Timeout: quando o robô da busca passa e seu servidor demora demais para responder às suas requisições, o resultado é que as suas páginas não são incluídas nas SERPs (páginas de resultados de buscas). Por isso ter um servidor que responde prontamente às requisições é fundamental para o seu SEO.
  • Tempo de resposta: tanto quanto os seus usuários, os robôs também não ficam esperando o carregamento das suas páginas. De nada adianta ter o melhor conteúdo se ele demora muito para carregar — só para lembrar, acima de 2 segundos é lento para humanos. Otimize suas páginas e imagens, use cache e garanta a disponibilidade do seu conteúdo para os robôs de busca, sempre.
  • IP Bloqueado: acontece algumas vezes de o serviço de busca bloquear um IP ou faixa de IPs — e se seu site estiver neste endereço, adeus robô, adeus SERP, adeus ranking.
  • Reconhecer bots: existem sites “preguiçosos” que para otimizar carga e aumentar velocidade de carregamento, bloqueiam todos os robôs. Resultado: impedem a passagem dos robôs de busca. Site mau, site ruim, site bobo. Cuide para que seus sistemas permitam todos os crawlers de busca.
  • Largura de banda ou limite de transferência: em servidores que limitam a banda ou a transferência de dados, se e quando o conteúdo se torna popular, o site “cai”, por conta destes limites — e nem os robôs dos serviços de busca irão acessar o conteúdo.
  • DNS: O Sistema de nome de domínios traduz um domínio em endereço IP, se esta configuração não for feita corretamente, os buscadores não conseguem obter algumas informações importantes.
  • Códigos HTTP: Use corretamente os códigos de retorno do servidor, já que eles informam aos robôs os objetivos de cada página do seu site.
    • 301: o mais importante para o SEO, indica uma página que mudou para outro endereço permanentemente. Sempre que mudar a sua plataforma ou otimizar a URL faça o redirecionamento 301 para garantir a “transferência de relevância” das páginas antigas para os novos endereços.
    • 302: Não se recomenda o uso, já que é o código para remoção temporária — use durante migrações e, depois, sempre que necessário, 301.
    • 401: Esta página precisa de autenticação para ter acesso
    • 403: O servidor negou acesso ao usuário
    • 404: Página não encontrada (esta página pode ser uma grande ferramenta para o seu SEO e para o seu usuário, veja abaixo)
    • 500: atenção, tem arquivo fora do lugar certo. Vá consertar o seu site.

O poder da Página 404

Página não encontrada. Quando o seu usuário encontra essa resposta ele pode ficar ou sair – e isso só depende de você e do seu trabalho. As páginas 404 são bastante importante num bom trabalho de SEO.

Para usar bem essa página, é interessante você criar uma página atrativa, surpreendente. É ideal que ofereça outros conteúdos, desperte a curiosidade e faça com que ele siga explorando o seu site.

 

Página 404

Robots txt e htaccess

Dois arquivos muito importantes para a sua estratégia de SEO são o robots.txt e o .htaccess (não se aplica aos clientes da PortoFácil, exceto os dois que ainda têm cPanel). Com eles você define a quais arquivos os robôs (crawlers) têm acesso, define quais robôs têm acesso a qual conteúdo; informa o endereço do seu sitemap.

O htaccess é um arquivo bastante importante que permite, entre outras coisas, a criação de regras gerais para o redirecionamento e reescrita de URL, que são fundamentais no trabalho de SEO.


Foto: Thomas Kvistholt on Unsplash

 

Quero ser cliente da PortoFácil!Contato

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 5

A relação entre Servidor de Hospedagem e SEO

Compartilhe

Publicado por Lucia Freitas – 12 de junho de 2018